quarta-feira, 25 de abril de 2012

O mundo precisa de gente leal

Que texto bom e lindo! Vale a pena.

Em certo momento da vida de Davi, um grupo de guerreiros se apresentou para servi-lo. Diante dessa apresentação, Davi os questionou acerca de sua lealdade. A resposta foi dada por Amasai, líder do grupo, mas o texto bíblico destaca algo muito interessante sobre o que motivou a resposta: "Então o Espírito veio sobre Amasai, chefe do pelotão dos trinta, e ele disse: "Somos teus, ó Davi! Estamos contigo, ó filho de Jessé! (1 Cr. 12:18).
Como é interessante e edificante observar este detalhe: foi o Espírito Santo que conduziu a declaração de lealdade feita por Amasai a Davi.

Não resta dúvida de que o Espírito Santo quer produzir em nós lealdade para com Deus, mas nem sempre damos a devida atenção ao fato de que o mesmo Espírito quer que sejamos leais em nossos relacionamentos uns com os outros. Contudo, convém neste momento perguntar: o que é lealdade?

A palavra lealdade carrega consigo a noção de compromisso e fidelidade. Leal é quem cumpre com fidelidade, seriedade e profundidade seus compromissos. Ao olharmos o Novo Testamento, encontraremos inúmeros compromissos que, enquanto cristãos, temos uns com os outros: são expressões de lealdade. Portanto, somos constantemente convocados à lealdade, tanto para com Deus como também para com nossos irmãos.

A lealdade se traduz em diversos compromissos: somos chamados a proteger a fé e a vida de nossos irmãos através do ânimo (Hb. 3:12,13: 10:24), mas também da repreensão sincera (Hb. 10:25: Gl. 6:1); temos o dever de fazer parte da vida de nossos irmãos, assumindo cargas que originalmente não são nossas, mas que passou a ser por sermos parte da mesma família (Gl. 6:2); devemos desfrutar do benefício que é fazer da igreja participante das nossas vidas, através da sujeição mútua (Ef. 5:21); recebendo conselhos (Cl. 3:16), sendo transparentes e honestos (Tg. 5:21; I Jo. 1:7-9); entre muitos outros compromissos. Além disso, temos a responsabilidade de ajudar aqueles que nos servem a nos servirem cada vez melhor. Com gratidão devemos favorecer o trabalho deles. É por isso que Paulo nos ensina: "tenham consideração para com os que se esforçam no trabalho entre vocês, que os lideram no Senhor e os aconselham.Tenham-nos na mais alta estima, com amor, por causa do trabalho dele" (I Ts. 5:12-13). E o autor da carta aos Hebreus nos lembra: "Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil" (Hb. 13:17).

Todos esses compromissos são algumas expressões do que é ser leal. Infelizmente, lealdade é um virtude que raramente se encontra, mas não deve ser assim no Corpo de Cristo. Acredito firmemente que Deus quer produzir isso em nós, e sou animado e fortalecido por caminhar com gente que leva a lealdade a sério. Gente que cuida de mim, me fala a verdade, ainda que doa, e me guarda. Quero crescer em lealdade para com elas, e também para com todo o Corpo de Cristo.

Como está sua lealdade a Deus e aos seus irmãos? Ore, pense, avalie e decida mergulhar com profundidade no compromisso com Deus e com sua família, a Igreja.

Em Cristo,

via @AndersonPaz  na  http://conexaoeclesia.com

* Lembrando que antes de vc ser leal a um pastor, certifique-se(pelo Espírito) se são pastores mesmo.

0 bereianos:

Postar um comentário