segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

OS SANTOS DE PÚLPITO

Os "santos de púlpito"

 

          Ontem, fui dormir com a pergunta enviada por um irmão, meio agnóstico, o qual gosta de me colocar na berlinda, enviando certas perguntas difíceis de serem respondidas. Ele quis saber o que eu penso da inseminação artificial e, como nunca me detive no assunto, fiquei com a pergunta bailando na cabeça, antes de adormecer...

          Sem encontrar uma resposta plausível, hoje escutava o Livro de Romanos, (enquanto passava a roupa da semana), esperando a resposta através deste livro, o qual (junto com Gálatas)  tem uma solução para qualquer problema do cristão. De repente, com uma pequena frase de Paulo, no final do capítulo 14, lá estava a reposta que eu buscava: "Tudo que não é de fé é pecado". Quem conhece bem as Cartas de Paulo raramente precisa pedir conselho ao pastor ou a outros irmãos.

          Claro que um casal que faz inseminação artificial, está pecando por falta de fé no poder de Deus lhe enviar um filho por via normal, sem falar nos problemas que esse tipo de inseminação pode trazer no futuro, com um bebê de pai desconhecido...

Cada vez que os homens agem a seu modo, deixando Deus de lado, eles se dão mal...

          A maioria dos crentes ainda não entendeu o que significa a palavra "pecado". Pecar não é apenas cometer um ato proibido pela Palavra de Deus, mas manter um arquivo de dúvidas no coração, porque tem preguiça de ler e pesquisar a Bíblia, a fim de crescer na graça e no conhecimento de Cristo. Infelizmente, a maioria dos crentes que eu conheço está sempre pedindo orientação ao pastor ou a outros irmãos (que eles consideram mais versados na Bíblia), pois vivem colados na TV,  em vez de buscarem crescer nesse conhecimento. Deixam de ser "bereanos"!

Eis o que um dos meus filhos perguntou, recentemente:

"Estou aqui de novo para esclarecer uma dúvida: eu entregando o dízimo perderei minha salvação? ... Agradeço uma resposta."

Respondi:

Ninguém vai perder a salvação (que é imperdível) porque entregou ou deixou de entregar o dízimo, pois a maioria faz (ou deixa de fazer o que é certo) por ignorância dos ensinos do Novo Testamento. Se alguém pecou, reconheça o seu erro e peça perdão (1 João 1:9, 7).

Mas, por que em vez de entregar o dízimo, você não entrega o seu dinheiro como oferta?  É mais bíblico...  A não ser que você queira conquistar as boas graças do pastor... Aí então se torna pecado, pois em Romanos 14, o último verso diz que "tudo que não é de fé é pecado".

            Outro irmão escutou o seu pastor ("viciado" no Velho Testamento) dizer no púlpito que "um marido que trai a esposa, uma  vez na vida,  não será condenado ao inferno, pois a Bíblia conta alguns casos desse tipo entre os patriarcas", etc. A meu ver, esse pastor é tão liberal assim porque, ele mesmo, já andou "pulando cerca" alguma vezes e quer se justificar perante as ovelhas. Infelizmente, ele está justificando um dos pecados que Paulo condena em Gálatas 5:19-21 & 24 "Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. ... E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências".  Coitada da esposa desse pastor... Ela deve ser mais uma entre tantas vítimas, que são massacradas pelos  "santos de púlpito". Tenho uma amiga que foi casada com um pastor batista (avivado) e o sujeito é tão mau caráter que ela precisou se divorciar dele. Pecar não é dar ou deixar de dar o dízimo... É massacrar o próximo, renegando Gálatas 5:14.


Mary Schultze, 18/01/10.

------------------------------------------------

OBS: Outro dia eu estava conversando com minha tia sobre isso "inseminação artificial" e ela disse algo q nunca tinha pensado, por exemplo: Se eu insemino em mim o esperma de um adúltero? de um assassino? Enfim, tantos outros exemplos.... O espírito que está atuando neles atuará tbem na criança, por causa da maldição.


Jesus tira a maldição? tira, mas e a fé de esperar em Deus? Ele não faz fértil o útero esteril?


Se eu ñ tiver filho pq ñ posso, é pq Deus não quis, ué.

Paz do Reii

0 bereianos:

Postar um comentário