terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Tua vida sempre vai gritar mais alto!

Tua vida sempre vai gritar mais alto!


(Hb 11: 4)
 Pela fé Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho das suas oferendas, e por meio dela depois de morto, ainda fala.

O que é capaz de soar em nossos ouvidos sem recursos sonoros?

Pode um mudo transferir mensagens significativas ao ponto de "o ouvirmos falar"?

Se um "morto pode falar", isso significa que um homem "ainda em vida", pode calar a sua própria voz.

Abel ainda fala porque alcançou testemunho de que era justo e o seu sangue ainda continua clamando por justiça!
Em outras palavras, o testemunho de vida de abel, ainda grita, e ressoa nos quatro cantos desta terra!

Sua voz (audível) calou, mais o seu testemunho de vida justa ainda grita.

Devemos nos lembrar sempre, de que os olhos "da grande multidão" estão fitos em nós, mais atenção primária estará sempre vertida para o que fazemos, ou seja, em nosso testemunho de vida.

Os olhos e os ouvidos estão atentos, mais o coração jamais vai desconsiderar nossas atítudes cotidianas.
As palavras alcançam aos ouvidos, mais as atítudes atingem aos corações e penetram profundamente.

Nossas atítudes invalidam nossas palavras, e por mais bonitas e persuasivas que sejam, desta forma o que alimentamos não é a fé e o amor 'destes expectadores", mais o desdém.

Lembre-se de que teu testemunho de vida fala mais alto do que suas palavras.

Suas atítudes diárias são mais significativas do que teus atos instântaneos de santidade.

Os teus gritos no alto do altar não alcançam o "sopé das intenções" de te ouvirem realmente. Suas virtudes não se destacam pela altura de sua voz.
 
Tua vida sempre vai gritar mais alto!
 
Pensem nisto!

Pr André Cardoso

0 bereianos:

Postar um comentário