segunda-feira, 9 de junho de 2008

Vídeos do celular podem ser transmitidos para o mundo, ao vivo, via Web

09/06/2008 - 07h01
Vídeos do celular podem ser transmitidos para o mundo, ao vivo, via Web

CAIO TERRERAN | Do UOL Tecnologia

Na era de Youtube e conteúdo colaborativo disseminados, existem diversos sites para compartilhar seus vídeos na Web. Com o advento destas páginas, as filmagens não precisam mais ficar restritas a seus amigos ou perdidas na memória do celular. Elas podem ganhar o mundo e serem exibidas para uma infinidade de espectadores.

Um dos destaques atualmente é o site Qik, página que permite transmissões ao vivo da câmera do celular via conexões 3G, GPRS ou Wi-Fi. Ele funciona da seguinte forma: o usuário visita o site, cadastra o número de sua linha, recebe via SMS um link para fazer o download de um aplicativo e inicia a transmissão em tempo real de suas filmagens.

A transmissão via streaming não é um primor de qualidade visual, mas garante que o acontecimento que o usuário deseja retratar seja passado com eficiência.

A administração do site aconselha que os usuários tenham planos de dados ilimitados com a operadora, pois o serviço consome uma quantia considerável de banda. Ponto negativo: apenas determinados modelos de celulares Nokia funcionam no Qik.

Atrasos na transmissão

Nos testes feitos pela reportagem, o SMS com o link para o aplicativo demorou alguns minutos a chegar. Já as transmissões, que segundo o site do Qik teriam atraso de 5 segundos em relação ao tempo inicial, levaram de 15 a 20 segundos para serem iniciadas.

Os vídeos feitos aparecem imediatamente na home do Qik, com direito a mapa provido pelo Google Maps mostrando onde a filmagem está sendo feita. O serviço ainda tem integração com outros sites badalados da Web atual, como a rede social Facebook e o serviço de microblogging Twitter. 

0 bereianos:

Postar um comentário