segunda-feira, 19 de abril de 2010

Quem disse que disquete não serve mais pra nada?

Arte no hardware
» News / por Zupi

Até onde a criatividade pode chegar? A pergunta, muito difícil de responder, se torna mais complicada ainda com trabalhos artísticos que nos é apresentado. O inglês Nick Gentry mais uma vez nos coloca essa pergunta suspensa, sem uma definição. Sempre muito apegado à tecnologia, desde a época da escola, o artista plástico decidiu criar suas composições partindo de disquetes e tapes antigos. Segundo o próprio, a tecnologia se assemelha muitas vezes ao ser humano na hora de se comunicar e nos processos internos, por isso seu encanto por ela.

image

image

image

image

image

image

image

image

image


+Informações:
Site: Nick Gentry
/ FONTE: ZUPI / Via: Beréia Urbana

0 bereianos:

Postar um comentário