sábado, 24 de abril de 2010

POESIA // CONTRASTES

CONTRASTES

Virando a página, 
dá pra ver todas as alegrias 
saídas do romance 
mais lento que o vento 
que habita em mim, 

enquanto lá fora, onde tudo é mais real, 
as páginas vestem o luto 
do mundo que vai morrer.


Poesia escrita por Gustavo Guilherme em junho de 2005.

FONTE: 
T-7

0 bereianos:

Postar um comentário