sexta-feira, 2 de abril de 2010

Ana Paula Valadão, os corações católicos e a mídia "cristã"



Ana Paula Valadão, os corações católicos e a mídia "cristã"
Do sensacionalismo para um jornalismo cristão sério, o caminho é longo

por Juliana Ayres

Está circulando na internet um vídeo em que a levita Ana Paula Valadão, num culto, profetiza sobre a igreja católica. Esse vídeo circulou com títulos maldosos e sensacionalistas e caiu na graça do povo católico, sendo assim, os mesmos estão demonizando a levita por causa do vídeo abaixo:



A Ana Paula já está, há um bom tempo, tendo certa visibilidade no meio cristão-católico, onde os louvores que compõe ao Senhor estão sendo entoados em missas e até gravados por padres. Como tenho pouco tempo de convertida, 4 anos, não sei se isso já aconteceu em nosso meio, mas, nesses 4 anos, nunca vi nenhuma banda/levita evangélico mexer com os corações católicos como os louvores do Diante do Trono mexeu. Glória a Deus!

Se Deus escolheu usá-los para isso, amém! Ele sabe o que faz. Mas também não é difícil entender o motivo de Deus tê-los escolhido.
Mas voltando ao vídeo, como puderam ver, ela profetiza a QUEDA DE TODA IDOLATRIA na igreja católica E NÃO A QUEDA DA IGREJA CATÓLICA! Há uma grande diferença entre uma coisa e outra. Vamos ao exemplo: Eu posso profetizar a queda da idolatria na Renascer em Cristo em torno de sua liderança(que é um outro fato, leia aqui), mas não desejo a queda da igreja Renascer, mas da idolatria!
Aí eu vejo no site de jornalismo cristão, Gmusica, o título: "Ana Paula Valadão profetiza queda da igreja católica e é criticada". Eu aguento? NÃO!
Fico envergonhada em ver que o Padre Joãozinho, no comentário que fez em seu blog sobre o assunto, foi mais correto que a minha irmã Laila Flower (que nem sei se é jornalista, pq hj qqr blogueiro diz que é), que escreveu a matéria no Gmusica. Vejam o que o padre escreveu em seu blog: "Não está correto afirmar que ela profetiza a "queda" da Igreja Católica. Na verdade ela profetiza uma "onda de avivamento". Fala de conversão de padres e seminaristas que publicamente confessarão os seus pecados. Esperamos que isso aconteça em todas as religiões e Igrejas do mundo, inclusive nas evangélicas. Nosso mundo precisa de paz. Ouvir as profecias que nos incomodam pode ser um bom começo para chegar um dia ao diálogo da unidade.

CUIDADO, SENSACIONALISMO VICIA!



Não vejo nada de ofensivo no que a Ana Paula disse. Acredito que virá um grande avivamento da parte dos católicos, creio que Deus irá libertar muitos da idolatria, de uma forma tão profunda que vamos ficar de boca aberta.
Até o padre foi mais correto e lúcido do que os próprios sites cristãos em seus títulos e comentários sensacionalistas, como também no canal do YT: http://www.youtube.com/user/pctdasilva
Muitos gostam da Ana Paula, muitos não gostam, mas, isso não importa, o que importa é que, através do louvor Deus está entrando no meio daqueles que precisam dEle. Então que o Senhor entre nos lares católicos, espíritas, cientologistas, gnosticistas, e em todos os "itas" e "istas"afinal, Ele habita em meio aos louvores.
Muitos ficam frustrados pq Deus não os usa como está usando a Ana Paula; Muitos ficam frustrados pq não foram suas músicas que entraram pelas portas pesadas e frias da igreja católica.
O que ando vendo em nosso meio - o que me deixa enojada - é que as pessoas estão vendendo alma, ministério e tudo o q sobra p/ ver seu ministério alavancado, para terem seguidores no Twitter, leitores em seus sites, pessoas comprando seus CDs, DVDs, livros, entre outros milhares de exemplos.
Estão fazendo tudo no próprio muque, não vejo Deus em muitos ministérios e pessoas em nosso meio. Muitos cristãos-evangélicos estão igual ou mais desviados que os cristãos-católicos.Isso é FATO! Não temos imagens, mas temos pessoas sendo idolatradas. Qual a diferença?
Onde está a verdade de Deus no meio de todo esse sensacionalismo?
É como eu sempre digo, o que cabe a nós, jornalistas cristãos, é a VERDADE, duplamente, como jornalistas e cristãos. Ambos buscam, vivem e prezam pela VERDADE, não pelo sensacionalismo.
Mas, como diz a própria Laila no perfil de seu blog: "Nem tudo é exatamentedo jeito que a gente gostaria que fosse" e eu completo: nem os cristãos nem o jornalismo cristão.
O que nos resta é orar, e orar é TUDO!
Paz do Rei Yeshua seja com todos.

0 bereianos:

Postar um comentário