sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Sabedoria que vem do Alto

Sabedoria que vem do Alto

Sabedoria que vem do Alto

Por Adriano Estevam em 22 de dezembro de 2009
Durante a conferência Jocum em Família em Caldas Novas, Marcos Borges, o Coty, encerrou a manhã de Terça com uma reflexão baseada em Tiago 3.13 tratando da importância de sabiamente observar a importância dos relacionamentos. Estes representam um imperativo Bíblico. Coty enfatiza como, segundo a ótica de Tiago, sabedoria está mais relacionado a forma como observamos relacionamentos, a um estilo de vida, do que com o quociente de inteligência e capacidade de armazenar informações.
Seis valores são descritos por Tiago como atributos da sabedoria:
1- Primeiramente Pura. Se desejo ser uma pessoa sábia para Deus, eu não comprometerei minha integridade. E diz, "primeiramente", como se isto fosse característica fundamental, integridade associada com a própria figura neo-testamentária do Messias. Existem 4 dicas para cultivar esta integridade:
A) Cuide das pequenas coisas, seja fiel nas pequenas responsabilidades;
B) Aprenda a dizer não prontamente a tentação;
C) Não permita a separação entre sua vida particular e pública;
D) Mantenha sempre uma consciência limpa.
2- Pacífica. Este princípio libera a nossa identidade. Jesus diz que os pacificadores serão chamados filhos de Deus. Comparação, Condenação e Crítica precipitada são elementos comuns em relacionamentos abalados.
3- Moderada - Se sou sábio, não diminuirei os seus sentimentos. Literalmente, atensioso, delicado em considerar os sentimentos de outrem. É essencial compreender o problema das pessoas do ponto de vista delas mesmas.
4- Tratável - Se sou sábio, não criticarei suas sugestões. Tratável implica submissão, tolerância. A habilida de saber respeitar o diferente e de aprender sempre.
5- Cheia de Misericórdia e bons frutos - Se sou sábio não enfatizarei os seus erros. Não afirmo que não devemos lutar contra o pecado. o Pecado será sempre pecado. Mas a ênfase dos relacionamentos é misericórdia, um vocábulo formado por duas outras palavas: "Misero", miséria e "Cardio", coração. Ou seja colocar o seu coração nas misérias de alguém. Graça e misericórdia andam na contra-mão do merecimento. Misericórdia é não receber o mal que merecia e graça é receber o bem que merecia.
6- Sem parcialidade e sem hipocrisia - Se sou sábio, não irei disfarçar as fraquezas e pecados. Não usarei uma falsa aparência ou tentarei fazer com que as pessoas pensem que sou o que não sou.
Ouça na íntegra com a gente, ou faça o download pra ouvir depois.

 A Sabedoria que vem do Alto [57:50m]: Hide Player | Play in Popup | Download

Adriano Estevam

Em JOCUM desde 1996, é casado com Carmen e pai do pequeno Heitor. Está envolvido em vários projetos de Comunicação e ao lado de sua familia trabalha na Equipe Global do CENTRO GENESIS.

OBS MINHA: Graça é receber o bem que NÃO merecemos.

0 bereianos:

Postar um comentário