quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Prince, um dos ícones gay, e agora Testemunha de Jeová, declara ser contra o casamento gay

Prince declara ser contra o casamento gay

Por Redação
18.11.08
Foto: Divulgação

Ele já foi ícone gay nos anos 80, já mudou de nome e torno-se um símbolo impronunciável. Agora, aos 50 anos, Prince nega ter tido qualquer influência sobre a cena gay e declara-se contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a adoção de crianças por homossexuais. 

Em notícia publicada na revista norte-americana The New Yorker deste mês (novembro de 2008), Prince afirmou que o casamento gay "não é certo". Convertido à seita Testemunhas de Jeová há sete anos, o músico já fez várias canções religiosas, mas longe das grandes gravadoras. "É a religião que une as pessoas", afirmou. 

Morando em Los Angeles, ele freqüenta um Salão do Reino (nome dado ao local de encontro das Testemunhas de Jeová) e diz estar feliz com isso. "É uma realização. Muita gente fica surpresa ao me ver, mas acham legal minha conversão". 

Sobre os gays, Prince segue agora os princípios de sua religião. A entrevista foi feita um dia antes da eleição de Barack Obama e, segundo Prince, muita gente votou no candidato por "não entender a Bíblia". "Elas apóiam o casamento gay e até usam a Bíblia em sua argumentação, mas estão erradas. Deus já veio à terra uma vez para limpar o mundo desse tipo de sujeira – o casamento gay, o aborto. Ele disse basta", afirmou o cantor, provavelmente se referindo à passagem bíblica de Sodoma e Gomorra.

OBS: Oremos para q ele se converta à Cristo Jesus.

0 bereianos:

Postar um comentário