sexta-feira, 19 de setembro de 2008

A fé que se revela em Cristo

 

O fósforo e a vela

Certo dia o fósforo disse para a vela:

- Minha missão é te acender.

- Ah, não! - disse a vela. Tu não vês que se me acendes meus dias estarão contados. Não fazes uma maldade dessa não.

- Então queres permanecer toda a tua vida assim dura, fria, sem nunca ter brilhado? - perguntou o fósforo.

- Mas ter que me queimar? Isso dói. Consome as minhas forças - murmurou a vela.

- Tens toda razão - respondeu o fósforo - esse é precisamente o mistério de tua vida. Tu e eu fomos feitos para ser luz. O que eu, como fósforo posso fazer é muito pouco. Mas se passo a minha chama para ti cumprirei com o sentido de minha vida. Eu fui feito justamente para isso: para começar o fogo. Tu és vela. Tua missão é brilhar. Toda tua dor, tua energia se transformará em luz e calor.

Ouvindo isso a vela olhou para o fósforo que já se estava apagando e disse:

- Por favor, acende-me!

(A procura do autor)

 


A FÉ QUE SE REVELA E FUNDAMENTA EM CRISTO
Carlos Garcia Costa

Assim nosso irmão Paulo escreveu em sua primeira carta aos Coríntios 14.10: "Há, por exemplo, tantas espécies de vozes no mundo e nenhuma delas sem significado." Este princípio quantitativo e significativo em relação às vozes no mundo também é verdadeiro e se aplica em relação à fé. Existem muitos tipos de fé no mundo e cada um sugere alguma coisa, possui algum significado. Mas nesta multidão de tipos de fé onde há confusão e desentendimento existe somente uma e única fé que é a fé do tipo de Deus.

A fé do tipo de Deus às vezes se confunde com outras que aparentemente parecem corretas, mas na verdade são como o espinho (joio) que se mistura com o trigo...
Leia mais...
 


+ORKUT
Venha conhecer e participar da comunidade dos leitores, amigos e simpatizantes do jornal UDL no orkut, ou simplesmente daqueles que suportam o nosso jornal em amor...
Visite a página...

http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=53661062


Nota bene: Se você desejar compartilhar os escritos deste site com outros, por favor ofereça-os livremente: livres de mudanças, livres de custos e livres de direitos autorais. Aquilo que foi recebido de graça seja dado de graça! (Mateus 10.8/Atos 8.18,20)

Missão Icthus / Urro do Leão
site: www.urrodoleao.com.br 
contato: jornal@urrodoleao.com.br

0 bereianos:

Postar um comentário