segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Braços de Amor

Meditação: Não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade. (1 João 3:18)

 

Pensamento: A compaixão coloca o amor em ação.

 

Leitura: 1 João 3:16-20.

 

Mensagem:

Braços de Amor

 

            Muitos estudantes universitários fazem viagens missionárias durante o verão. Mas é raro que alguém volte com planos de resgatar um bebê. Mallery Thurlow, estudante de uma universidade de Michigan, foi para o Haiti ajudar a distribuir comida. Certo dia, apareceu uma mãe no centro de distribuição com uma criancinha muito doente em seus braços. A mulher não tinha opções. A criança precisava fazer uma cirurgia, mas ninguém queria fazê-la. Sem intervenção cirúrgica, a criança ia morrer. Mallery tomou a bebezinha Rose em seus braços – e no seu coração.

            Depois de voltar para os EUA, Mallery procurou alguém que pudesse operar o bebê. A maioria dos médicos dava pouca esperança. Por fim, Rose recebeu um visto para poder sair do Haiti e Mallery foi buscá-la. O Hospital de Crianças de Detroit doou a cirurgia de 100 mil dólares, que teve grande êxito. Uma pequena vida foi salva.

            É pouco provável que nós venhamos a ter um impacto tão dramático sobre outras pessoas. Mas, desafiados pela disposição dessa estudante, podemos encontrar formas de prover ajuda. Ela não deixou que as circunstâncias, sua juventude e as inconveniências a impedissem de salvar a vida de Rose.

            Como ela, somos chamados a amar "em ação e em verdade" (1 João 3:18). Quem necessita que você seja os braços amorosos de Deus, hoje?

 

FONTE:

J. David Branon

Nosso Andar Diário

Ministério RBC


0 bereianos:

Postar um comentário