quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Pastor evangélico fará casamento de Beira-Mar em presídio

Pastor evangélico fará casamento de Beira-Mar em presídio
Data do casamento não será divulgada por razões de segurança.

Ele namora há 15 anos com Jacqueline Alcântara de Morais.

O Presídio Federal de Campo Grande será o local da cerimônia religiosa do casamento do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, com Jacqueline Alcântara de Morais, com quem ele namora há mais de 15 anos e teve três filhos.

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) já autorizou a cerimônia dentro da unidade prisional.
O casamento religioso será feito por um pastor evangélico, em uma sala da divisão de segurança do presídio. Poderão entrar na sala apenas Beira-Mar, Jacqueline, um pastor e duas testemunhas, além dos agentes penitenciários federais.

Algemas

Conforme o Depen, a data do casamento não será divulgada, por medidas de segurança. O traficante assinou os documentos necessários para o casamento na semana passada e quem está cuidando dos preparativos é a advogada carioca Gersy Mary Menezes Evangelista. Ele não vai ficar algemado durante a cerimônia.

A noiva, assim como Beira-Mar, também tem envolvimento com o crime organizado. Jacqueline foi presa com ele na Colômbia, depois de ter fugido do país, e já cumpriu pena por tráfico.
 

0 bereianos:

Postar um comentário