quinta-feira, 19 de julho de 2007

Piratas exploram acidente em golpe virtual

18/07/2007 - 18h58 - Atualizado em 18/07/2007 - 19h44

Piratas exploram acidente da TAM em golpe virtual

Falso e-mail da TAM chega aos usuários com link para página contaminada.
Criminosos virtuais utilizam interface e dados corretos da companhia aérea.
Do G1, em São Paulo entre em contato
ALTERA O
TAMANHO DA LETRA

Na mesma noite do acidente ocorrido com o vôo 3054 da TAM, que se chocou contra um depósito da empresa causando um incêndio na noite desta terça-feira (17), em São Paulo, criminosos virtuais já começaram a se aproveitar da tragédia para tentar enganar internautas distraídos. A empresa de segurança Websense Security Labs informou nesta terça-feira (18) a existência de um e-mail que utiliza o ocorrido para fazer com que os usuários entrem em um site contaminado com códigos maliciosos.

No e-mail, os criminosos imitam a interface utilizada pela TAM e se fazem passar pela assessoria de imprensa da companhia aérea, fornecendo um link no final que leva a um site contaminado. Este link é colocado como sendo de um vídeo gravado no circuito interno da Infraero no aeroporto de Guarulhos -- um erro de informação dos criminosos, visto que o acidente aconteceu no aeroporto de Congonhas.

  

Foto: Reprodução
Em tentativa de golpe, piratas virtuais enviam e-mail fingindo ser assessoria de imprensa da TAM. (Foto: Reprodução)

A mensagem tem como conteúdo informações da empresa sobre o acidente, além do número de telefone verdadeiro disponibilizado para assistência aos parentes das vítimas e dados corretos da assessoria de imprensa da TAM.

"A TAM informa que o vôo JJ 3054 decolou de Porto Alegre com 170 pessoas, entre passageiros e funcionários da empresa, além de mais seis componentes da tripulação técnica (comandantes e comissários)", diz o início do e-mail.

Quando o usuário clica no link disponibilizado no fim da mensagem, é direcionado para um site que aciona um código malicioso, instalando um cavalo de tróia no computador, capaz de roubar as informações contidas nele.

0 bereianos:

Postar um comentário